sábado, 22 de junho de 2013

Never Wanted Your Love


Nunca Quis Seu Amor-She & Him
Não posso evitar, não posso ganhar
Não quero deixar você entrar
E então você faz isso de novo
Leve tudo, mas devagar
Não quero que você saiba
Bem, então você faz isso de novo
Não estou falando mais com você
Estou arrumando minha cama para que eu possa ficar deitado
nela para sempre
Não sei para que que estou fazendo isso
Tudo o que sei é que estou cansado de ser inteligente
Todos são inteligentes ultimamente

Ganhe, caia
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele

Você está tão perto que não consigo ver
Você fica tentando me incomodar
E então você faz isso de novo
Digamos que você esteja certo e que eu amo o verde
Não quero te libertar
E então você faz isso de novo
Não estou falando mais com você
Estou arrumando minha cama para que eu possa ficar deitado
nela para sempre
Não sei para que que estou fazendo isso
Tudo o que sei é que estou cansado de ser inteligente
Todos são inteligentes ultimamente

Ganhe, caia
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele

Não estou falando mais com você
Estou arrumando minha cama para que eu possa ficar deitado
nela para sempre
Não sei para que que estou fazendo isso
Tudo o que sei é que estou cansado de ser inteligente
Todos são inteligentes ultimamente

Ganhe, caia
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele

Tome um ar, caia
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele
Nunca quis seu amor, mas precisava dele

sexta-feira, 21 de junho de 2013

O estranho...


É estranho e reconfortante ao mesmo tempo,
ter você por perto,com seus olhinhos cor de avelã.
Estranho você se encaixar tão bem na minha vidinha torta,
isso é tão difícil de acontecer...
Você conhece meus piores defeitos,e mesmo assim permanece do
meu lado.
E ao mesmo tempo é reconfortante,não precisar fingir ser outra
pessoa pra te agradar,não preciso tentar  ser perfeita,
você simplesmente gosta de mim e pronto,
mesmo quando eu tento te mandar embora da minha vida,
mesmo quando eu tenho medo de ''nós'',
de como tudo aconteceu tão rápido.
As vezes esse medo some dentro do seu abraço,do seu sorriso torto,que
me acalma tanto.
Ma ele aparece quando lembro o quão importante você tem se tornado
pra mim,a cada dia.
Eu sei que você percebe,e tenta me acalmar com suas piadas bobas,
mas o que mais me acalma é quando estamos fazendo a coisa mais banal
que seja ,como andar pelas ruas,ou nossas conversas na fila de banco,
e eu percebo que não gostaria de estar em nenhum outro lugar,
nas coisas simples que percebo o quanto a gente é ''real'',e
 vejo que o que importa é o agora,somente isso,e me deixo levar
por esse montanha russa chamada amor...
É, talvez nós sejamos dois malucos,que riem sozinhos no meio da chuva,
que dançam sem musica e cada dia escolhe uma musica pra chamar
de ''nossa'',que gostam de inventar nomes pra estrelas,que teêm a coragem
de amar,nesses tempos difíceis,eu não sabia até então,não queria me arriscar
mais com você eu aprendi,que viver sem riscos,não é exatamente viver.
E que quando se procura bem,você encontra alguém tão louco quanto você,
e descobre que esse mundo não é tão solitário e cinzento quanto se pensava...

domingo, 16 de junho de 2013

Trecho de um livro:Mil dias em Veneza

Autoria:Marlena de Blasi
''Eu te amo Fernando'',digo para mim mesma e para o fogo.Estou atordoada com esse novo fato na minha vida,mais pela rapidez de sua chegada do que por sua veracidade.Procuro alguma sensação de Folie á deux.
Não encontro nenhuma.Mais do que estar cega de amor,eu estou conseguindo ver o amor,vê-lo de verdade.
Nunca tive sequer a sensação passageira de algum dia ter sido posta em cima de um cavalo branco por um príncipe de ,encaracolados pelo ''homem que seria meu rei'',pelo ''homem da minha vida'',Nunca senti a terra tremer.Nunca.O que senti, o que sinto é tranquilidade.Com exceção daquelas primeiras horas que passamos juntos em Veneza,não houve confusão,não houve desconcerto,nada do raciocininou da ponderação que se poderia julgar naturais para uma mulher mergulhada até os joelhos na meia-idade e que está pensando em dar um grande passo.Agora todas as portas estão abertas e,atras delas,há um luz cálida e amarela.Isso não parece uma perspectiva nova,mas sim a primeira e unica perspectiva que não resultou de um compromisso nem de uma reavaliação.Fernando é  uma primeira escolha.Eu nunca tive de convencer a mim mesma a ama-lo,nem de ponderar sua qualidades e defeitos em um bloco de notas.Tampouco tive,mais uma vez ,de lembrar a mim mesma que já não era tão jovem,que deveria me sentir grata pelas atenções de mais um ''homem muito gentil''.
Muitas vezes,somos nós que não deixamos a vida ser simples.Por que precisamos espreme-la,morde-la e arremessa-la contra o que nos convencemos serem nosso grandes poderes racionais?Nós violamos a inocência das coisas em nome da racionalidade para podermos seguir sem interrupção nossa busca por paixão e sentimento .Vamos respeitar o caráter sagrado do inexplicável. Eu  o amo.
Pernas finas,ombros estreitos,tristeza,delicadeza,belas mãos,bela voz,joelhos enrugados.Nenhum saxofone.Nenhum avião.Fantasmas ardilosos.
(...)Sei quanto estou arriscando com o estranho,porém,mais do que isso,sei que,aconteça o que acontecer,pela primeira vez na vida estou apaixonada.



quinta-feira, 13 de junho de 2013

O amor


Autoria:Tati Bernardi
Semana passada liguei pro meu melhor amigo e convidei para um cinema.
A gente não se falava desde o ano novo, quando tudo deu errado pro nosso lado.
De tempos em tempos sumimos, falamos umas coisas horríveis de quem se conhece demais.
Ele topou desde que fosse daqui pra frente, preguiça de conversar da briga e tal.
E fomos. Cheguei antes, comprei. Ele chegou depois, comprou água. Porque eu comprei os ingressos, ele comprou também uns doces e disse que pagaria o estacionamento.
Porque ele pagaria o estacionamento, eu disse que daria a carona da volta. E com meu coração tão calmo eu voltei a sentir o soninho de sofá de casa com manta que sinto ao lado dele.
A gente não se beija nem nada, mas quando vai ver pegou na mão um do outro de tanto que se gosta e se cuida e se sabe. Já tivemos nossos tempos de transar e passar nervoso e aquela coisa toda de quem ama prematuramente. Mas evoluímos para esse amor que nem sei explicar.
Ele me conta das meninas, eu conto dos caras. Eu acho engraçado quando ele fala "ah, enjoei, ela era meio sem assunto" e olha pra mim com saudade. Ele também ri quando eu digo "ah, ele não entendeu nada" e olho pra ele sabendo que ele também não entende, mas pelo menos não vai embora.
Ou vai mas sempre volta. Não temos ciúmes e nem posse porque somos pra sempre. Ainda que ele case, more na Bósnia, são quase quinze anos. Somos pra sempre.
Ele conta do filme que tá fazendo, eu do livro. Os mesmos há mil anos. Contar é sem pressa de acabar.
Se ele me corta é como se a frase que eu fosse falar fosse mesmo dele. É um exibicionismo orgânico, como se meu silêncio pudesse continuar me vendendo como uma boa pessoa.São quinze anos. É isso. Ele me viu de cabelo amarelo enrolado. Eu lembro dele gordinho e mais baixo. Ele sempre comprou meus testes de gravidez, mesmo a suspeita nunca sendo nossa. Eu já fui bem bonita numa festa só porque ele queria me fazer de namorada peituda pra provocar a ex mulher. Minha maior tristeza é que todo novo amor que eu arrumo vem sempre com algum velho amor tão longo e bonito. E eu sofro porque com pouco tempo não consigo ser melhor que o muito tempo. E de sofrer assim e enlouquecer assim, nunca dou tempo de ser muito para esses amores porque estrago antes. Mas meu melhor amigo é meu único amor. O único que consegui. Porque ele sempre volta. E meu coração fica calmo. E ele vai comigo na pizzaria e todos meus amigos novos morrem de rir porque ele é naturalmente engraçado e gente boa e sabe todos os assuntos do mundo. E todo mundo adora meu melhor amigo. E eu amo ele. E sempre acabamos suspirando aliviados "alguém é bobo como eu, alguém tem esse humor" e mais uma vez rimos da piada que inventamos, do pai que chega pro filho e fala: sua mãe não é sua mãe, eu transei com outra". E esse é meu presente dessa fase tão terrível de gente indo embora. Quem tem que ficar, fica.

sábado, 8 de junho de 2013

Eu sei que sou

Autoria:Tati Bernardi

Eu sei que sou exatamente o que 98% dos homens não gosta ou não sabe gostar. Eu falo o que penso, abro as portas da minha casa, da minha vida, da minha alma, dos meus medos. Basta eu ver um sinal de luz recíproca no final do túnel que mando minhas zilhões de luzes e cego todo mundo. Sou demais. Ninguém entende nada. E eles adoram uma sonsa. Adoram. Mas dane-se. Um dia um louco, direto do planeta dos 2% de homens, vai aparecer.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Nunca disse...


Autoria:Caio F. Abreu
“Eu te amei muito. Nunca disse, como você também não disse, mas acho que você soube.
Pena que as grandes e as cucas confusas não saibam amar.
Pena também que a gente se envergonhe de dizer, a gente não devia ter vergonha do que é bonito.
Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas.
Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei e tornei a fugir.
São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas — se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso.
Essas coisas não pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse do muito amor e ternura que eu tinha — e tenho — pra você.
Acho que é bom a gente saber que existe desse jeito em alguém, como você existe em mim.”

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Still Into You


Ainda Afim de Você

Não consigo contar só com uma mão os anos
Que estivemos juntos
Preciso da outra pra te abraçar
Te fazer sentir, te fazer sentir melhor
Não é um passeio no parque
Para nos amarmos
Mas quando nossos dedos se entrelaçam
Não posso negar, não posso negar que você vale a pena

Porque depois de todo esse tempo
Ainda estou afim de você

Eu deveria ter superado todas as borboletas
Mas estou afim de você (estou afim de você)
E baby, mesmo nas nossas piores noites
Estou afim de você (estou afim de você)
Deixe eles se perguntarem como chegamos tão longe
Porque eu não preciso me perguntar nada
Yeah, depois de todo esse tempo
Ainda estou afim de você

Se lembre da noite em que pela primeira vez
Encontrei sua mãe
E no caminho de volta pra minha casa
Te disse que, te disse que te amava?
Você sentiu o peso do mundo
Sair dos seus ombros
E sua música favorita
Cantamos juntos até o começo da eternidade

E depois de todo esse tempo
Ainda estou afim de você

Eu deveria ter superado todas as borboletas
Mas estou afim de você (estou afim de você)
E baby, mesmo nas nossas piores noites
Estou afim de você (estou afim de você)
Deixe eles se perguntarem como chegamos tão longe
Porque eu não preciso me perguntar nada
Yeah depois de todo esse tempo
Ainda estou afim de você

Algumas coisas, algumas coisas apenas fazem sentido
E uma delas é você e eu
Algumas coisas, algumas coisas apenas fazem sentido
E mesmo depois de todo esse tempo
Estou afim de você
Baby não tem nem um dia em que eu não esteja afim de você
Eu deveria ter superado todas as borboletas
Mas estou afim de você (estou afim de você)
E baby, mesmo nas nossas piores noites
Estou afim de você (estou afim de você)
Deixe eles se perguntarem como chegamos tão longe
Porque eu não preciso me perguntar nada
Yeah depois de todo esse tempo
Ainda estou afim de você
Ainda estou afim de você
Ainda estou afim de você

terça-feira, 4 de junho de 2013

O amor da sua vida


Esqueça tudo o que você viu nos filmes românticos ou livros de banca de jornal,
o amor não é assim tão previsível tão perfeitinho.
''Em um dia ensolarado um cara perfeito encontra uma garota perfeita...''
Não acontece quando você espera toda maquiada e linda pelo contrário,
ele vem naquele dia que você vai a padaria com sua roupa velha de ficar em casa,
com o cabelo preso porque não conseguiu dar um jeito,
e você pensou''não vou encontrar ninguém mesmo''
Ele aparece na forma do cara mais chato do bairro,que adora implicar com você,
até que um dia vocês descobrem uma banda em que os dois gostam,e conversam por horas,
deixando de lado toda aquela implicância e deis desse momento sempre que ouvir certa musica
vão pensar um no outro.
O amor vem em um dia qualquer em que você caminha pelas e rua,talvez pensando nos amores errados,quando encontra um rapaz,totalmente diferente de você,
tão diferente que só de olhar você percebe que são de mundos opostos,e ele te chame
pra sentar em um banco percebe seus olhos triste e faz de tudo pra te fazer sorrir,
depois de certo tempo você percebe que seus mundos podem muito bem se encaixar.
Ou você pode estar em uma festa de casamento no maior tédio e ao olhar pro lado,ele vai estar lá se acabando no bolo.
Pode acontecer de tantas formas,na fila do banco,no trabalho,no ônibus, só não vai ser quando a gente espera nem da forma que gente quer,não tem essa de príncipe,e quem precisa de um?
não vai ser perfeito,porque nada é perfeito nem nós mesmos,mais vai ser algo que vale a pena lutar então fique atenta,e não o deixe escapar...
''O teu amor pode estar do seu lado''-Do seu lado Jota Quest