sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Por que você ama quem você ama?


Autoria: Martha Medeiros
Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem,
caso contrário os honestos, simpáticos e não-fumantes
teriam uma fila de pretendentes batendo à porta.
O amor não é chegado a fazer contas, não obedece a razão.
O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo.
 Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano.
Isso são só referenciais.
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá,
ou pelo tormento que provoca.
Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade
que se revela quando menos se espera.
 Então que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado,
 o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela
e ela adora implicar com você.
 Isso tem nome.
 Você ama aquele cafajeste.
Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário.
Ele não tem a maior vocação para príncipe encantado,
e ainda assim você não consegue despachá-lo.
Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga.
Ele toca gaita de boca, adora animais e escreve poemas.
Por que você ama este cara?
Não pergunte para mim.
 Você é inteligente.
Lê livros, revistas, jornais.
Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman,
mas sabe que uma boa comédia romântica também tem o seu valor.
É bonita.
Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu
e seu corpo tem todas as curvas no lugar (ou quase).
Independente, emprego fixo, bom saldo no banco.
Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.
Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém.
Com um currículo desse, criatura, por que diabo está sem um amor?
 Ah, o amor, essa raposa.
Quem dera o amor não fosse um sentimento,
mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.
Não funciona assim.
Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC.
Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.
Honestos existem aos milhares, generosos tem às pencas,
 bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!
 Mas ninguém consegue ser do jeito do amor da sua vida!

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Lembre -se de mim


"Momentos... Nossa vida é uma série de momentos. 
Cada um... Uma viagem para o fim. 
Desapegue. Desapegue-se de tudo." filme-Agora e pra sempre


Se você está lendo isso,talvez seja porque eu não estou mais aqui,
mas tudo bem..acredite vai ficar tudo bem eu vou estar bem
e você com certeza vai ficar.
Pode ser difícil no começo,as coisas podem ficar nebulosas,mas o
sol vai nascer de novo...acredite.
Muitas coisas boas vão acontecer na sua vida,coisas tristes também,mas
elas fazem com que as coisas boas sejam valorizadas.
Você vai sorrir de novo,mesmo que não acredite agora,e quando
acontecer não tenha culpa,você merece...
Eu não quero que me veja como um motivo pra chorar,ficar triste.
quero que lembre de mim pelo que eu fui,que lembre dos meus
melhores dias
Eu queria não perder nada da sua vida,mas eu sei que ela vai ser ótima
e um dia você vai me contar...
Não importa o que aconteça,o que importa é que estive aqui,eu vivi,não importa por
quanto tempo,eu te conheci e isso já fez uma grande diferença no meu mundo.
Então,faça o mesmo,viva também,se não for por você que seja por mim, você sabe que
eu odiaria te ver desperdiçar algo tão valioso então,continue.
Continue sendo aquela pessoas incrível que eu conheci,continue tento seus sonhos mirabolantes
 e eu te deixo me carregar com você
mas não como um peso,e sim como lembranças boas...
Como lembranças que te façam rir sozinha,refletir,eu sei que vai sentir saudade
mas que seja uma saudade boa,aquele tipo de saudade que vem e vai,como brisa.
Eu quero ser uma brisa,que passou pela sua vida  e deixou algo de bom,só isso já faria
tudo valer a pena então quero que ...
Lembre -se de mim,quando aquela musica que a gente gostava tocar na radio,e dance
sozinha mesmo,
quando estiver triste,se lembre das coisas bobas que eu dizia,e quando se sentir só,
Lembre-se de mim,do meu ombro amigo.em que você sempre pode se apoiar,muitos nunca tiveram
isso.
Lembre-se de mim quando sua banda favorita tocar na cidade,cante todas as musicas bem alto,
como costumávamos fazer.
Lembre-se de mim quando estiver feliz,lembre das nossas gargalhadas,das aventuras.
Quando estiver realizando seus sonhos,lembre que eu te falei que você ia conseguir e
quando encontrar seu grande amor,lembre-se de como eu vivi o meu e mergulhe de cabeça.
Lembre-se de mim quando ninguém te entender porque eu te entendi,você se entende
e é só o que realmente importa.
quando chover se deixe molhar,lembre-se que eu sempre adorei chuva.
Lembre-se que momentos ruins vão passar,lembre-se de não se cobrar tanto,te ter
sempre um momento pra observar as nuvens,lembre-se de respirar fundo quando ficar
nervosa,lembre-se de ser você mesma e que as pessoas que tiverem que vir virão.
Lembre- se de mim te lembrando de tudo isso ,porque é o que eu faria.
Lembre-se das nossas conversas dos nossos planos e conte aos seus filhos que um dia você
conheceu uma garota estranha,com mania de escrever listas,conte a nossa história.
Lembre-se que eu realmente tentei que eu aproveitei ao máximo tudo isso e eu fui feliz,tudo isso
graças a você.
Se lembre de mim,porque enquanto você se lembra eu ainda vou estar viva de alguma forma...

Texto inspirado no filme ''Agora e pra sempre''



quarta-feira, 25 de setembro de 2013

A caminhada


Autoria:Charles Chaplin
Tua caminhada ainda não terminou....
A realidade te acolhe
dizendo que pela frente
o horizonte da vida necessita
de tuas palavras e do teu silêncio.
Se amanhã sentires saudades,
lembra-te da fantasia e sonha
com tua próxima vitória.
Vitória que todas as armas do mundo
jamais conseguirão obter,
porque é uma vitória que surge da paz
e não do ressentimento.
É certo que irás encontrar
situações tempestuosas novamente,
mas haverá de ver sempre
o lado bom da chuva que cai
e não a faceta do raio que destrói.
 Tu és jovem.
Atender a quem te chama é belo,
lutar por quem te rejeita é quase chegar a perfeição.
A juventude precisa de sonhos e se nutrir de lembranças,
assim como o leito dos rios precisa
da água que rola e o coração necessita de afeto.
 Não faças do amanhã o sinônimo de nunca,
nem o ontem te seja o mesmo que nunca mais.
Teus passos ficaram.
Olhes para trás...
mas vá em frente pois há muitos que precisam
que chegues para poderem seguir-te.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Isso não se explica


Não sei exatamente em que momento eu olhei pra você e tudo mudou entre nós,
ficou diferente,mudou de cor.
Acho que foi em um dia bem banal,onde fazíamos coisas banais,e foi tão normal que eu
nem me lembro direito,talvez não tenha sido em um simples dia,mas em vários,pouco a
pouco,você foi deixando de ser só mais um cara pra mim e se tornou muito mais.
Até agora eu tento entender o porque,um motivo que explique essa mudança toda
e ainda não sei.
Talvez tenha sido por causa dos seus olhos castanhos hipinóticos,ou sua cicatriz nos lábios
que contam uma historia que você nunca me diz mas eu sei que há
Talvez seja sua ideologias,suas convicções e seus sonhos tão parecidos com os meus,ou seja pela
sua maneira nada convencional de ser e agir,sua mania de filosofar sobre tudo.
Talvez seja pelo seu olhar perdido,sempre no seu próprio mundo,sem ligar pro que os outros
vão pensar,por você sempre tentar passar despercebido e acabar chamando mais atenção por
isso.
Talvez seja pela sua cara de serio ao tentar me explicar suas ideias que me faz rir,só de olha-lo
ou o jeito como abraça suas causas perdidas,e sua sede de conhecimento.
Talvez seja pela sua falta de modos,de sempre dizer a coisa errada na hora errada mas que
as vezes diz coisas de modo tão despretensioso, que me tiram do chão ou quando você
se enrola todo pra me dizer algo simples o que acaba virando um monologo de horas.
Talvez seja por causa dos seus jeans rasgados,sua voz suave de quem tem todo o tempo do
mundo,ou suas musicas favoritas que sempre falam sobre corações partidos,ou seu cheiro
que pra mim parece um pouco selvagem..
Talvez seja pela sua gargalhada estrondosa ,ou pelo jeito que você me olha e faz parecer que eu
sou a unica,mesmo no meio de uma multidão.
Talvez seja porque você para tudo que esteja fazendo e coloca toda sua concentração ao que eu estou dizendo mesmo não concordando com tudo e eu gosto que não concorde,que me irrite as vezes,que provoque.
Talvez seja porque você é um pássaro raro e livre,mas que por algum motivo decide pousar em meu
ninho e ali permanecer.
E eu gosto disso gosto de  você,de não saber o que vai acontecer no minute seguinte,
de decifra seus enigmas e do modo fácil como você decifra os meus.
Você pode não ser o cara mais bonito, nem o mais atraente ou mesmo o mais simpático,mas o
mais importante,e o que existe por trás de tudo,por traz dessa sua cara de bravo,esse mundo novo
em que eu adoro me aventurar chamado você.
É, eu estou apaixonada,e isso não se explica se sente...


quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Depois de um tempo


Autoria:Veronica Shoffstall
Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.
E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto
e não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam...
E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la,
e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida.
Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam,
percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas,
pode ser a última vez que as vejamos.
Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.
 Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso. Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.
Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.
E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

ENTRE AMIGOS


Autoria:Martha Medeiros
12 de abril de 1999
Para que serve um amigo? Para rachar a gasolina, emprestar a prancha, recomendar um disco, dar carona pra festa, passar cola, caminhar no shopping, segurar a barra.
Todas as alternativas estão corretas, porém isso não basta para guardar um amigo do lado esquerdo do peito.
 Milan Kundera, escritor tcheco, escreveu em seu último livro, "A Identidade", que a amizade é indispensável para o bom funcionamento da memória e para a integridade do próprio eu.
Chama os amigos de testemunhas do passado e diz que eles são nosso espelho, que através deles podemos nos olhar.
Vai além: diz que toda amizade é uma aliança contra a adversidade, aliança sem a qual o ser humano ficaria desarmado contra seus inimigos.
Verdade verdadeira.
Amigos recentes custam a perceber essa aliança, não valorizam ainda o que está sendo contruído.
São amizades não testadas pelo tempo, não se sabe se enfrentarão com solidez as tempestades ou se serão varridos numa chuva de verão. Veremos.
Um amigo não racha apenas a gasolina: racha lembranças, crises de choro, experiências.
Racha a culpa, racha segredos.
Um amigo não empresta apenas a prancha. Empresta o verbo, empresta o ombro, empresta o tempo, empresta o calor e a jaqueta.
Um amigo não recomenda apenas um disco. Recomenda cautela, recomenda um emprego, recomenda um país.
Um amigo não dá carona apenas pra festa. Te leva pro mundo dele, e topa conhecer o teu.
Um amigo não passa apenas cola. Passa contigo um aperto, passa junto o reveillon.
Um amigo não caminha apenas no shopping. Anda em silêncio na dor, entra contigo em campo, sai do fracasso ao teu lado.
Um amigo não segura a barra, apenas. Segura a mão, a ausência, segura uma confissão, segura o tranco, o palavrão, segura o elevador.
Duas dúzias de amigos assim ninguém tem. Se tiver um, amém.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Quem sabe...



Eles se conhecem a muito tempo,quando eles nem eram quem são hoje,
quando ela ainda era loira e ele era cabeludo e tocava em uma banda,
se conheceram em um dia de chuva,num final de tarde tedioso,onde parecia
que nada ia acontecer,mas aconteceu e tudo mudou deis de então.
Na época eles nem sabiam o que queriam ser,nem quem eram,mas
de certa forma ali,em meio a uma conversa sobre musica eles souberam
que seriam amigos até o fim.
Acho que no fundo eles se reencontraram,porque logo no primeiro instante
pareceu que já se conheciam de muito tempo,não se encontra alguém em que
você tenha tanta intimidade,tanta confiança,em que mesmo quando estão em silencio
não se torna embaraçoso,é difícil,mas eles tinham esse tipo de relação,esse tipo
de amor que no começo nem sabia que era amor,que resistiu a vida que os colocou
em lados opostos do pais,cada um vivendo sua vida,escrevendo sua história,mas que
tinha o ritual de se encontrarem no dia 26 de agosto de todo ano,no parque central
da cidadezinha onde moravam,é lá que desaguam suas frustrações,seus medo,mas também
e onde comemoram sua vitórias,suas alegrias,onde voltam a ser aqueles jovens despreocupados
de muito tempo atrás.
Mas é claro que são muito diferentes agora,ele já se casou duas vezes,e ela tem um filho de sete anos,
mas o sentimento que os uni também mudou durante esses anos todos,o que era amizade se tornou amor
e pra cada um,ele surgiu em um momento diferente,mas estava ali,era certo.
Estava escondido em cada silaba que um dizia para o outro,com medo de sair e destruir tudo
o que eles construíram em 17 anos de amizade,porque os dois já eram calejados pela vida,
já tiveram altos e baixos o suficiente.
e todas s conversas eram da seguinte forma:
Ele:Oi ''senti sua falta''
Ela:Oi como você está? ''senti sua falta''
Ele: Vou bem e você? '' mais estaria muito melhor com você''
Ela:Bem também,sempre ocupada ''queria que você estivesse aqui''
Ele:Eu também,fazer o que,mas me fala mais,o que tem feito... ''e que eu gostaria de estar perto..''
Ela: Ok,vou te contar tudo,mas também quero saber de você ''porque queria muito ter feito parte de tudo ''
E a conversa vai,sempre assim sem dizerem o que realmente querem dizer até que por fim,chega a hora
de cada um ir pro seu lado de novo:
Ele:Então tchau,até ano que vem... '' Eu te amo''
Ela:Tchau,se cuida  '' Eu te amo''
Eles trocam um abraço,e seguem seus caminhos,mas quem sabe um dia,
o amor vence esse barreira do medo
e os dois decidam trilhar o mesmo caminho,quem sabe...


Texto inspirado no livros e filme ''Um dia''

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Nas entrelinhas


Todas as vezes em que nos encontramos,seja na rua ou em outro lugar,
é sempre a mesma coisa,numa troca de olhares,um aperto de mão e todos ao redor conseguem
perceber que  o amor está de alguma forma ali.
Esta no meu tom de voz ao te dizer um simples''oi'',e no jeito em que você pergunta se eu estou bem
deixando transparecer na voz uma certa preocupação tipica de alguém que ainda se importa e muito.
Nos seus olhos que brilham quando eu conto da minha promoção no trabalho,
e no sorriso de felicidade que eu dou ao saber que você vai ser titio,e eu sei
que vai ser um ótimo Tio...
O amor está no jeito que você fala de mim para os outros,nas musicas que eu escuto
e sempre direcionam o meu pensamento a você,no som da sua voz que
me traz  calmaria,no choque que sentimos quando nossas mãos se tocam.
Podemos estar separados de todas as formas possíveis,mas de certa forma
ainda estamos juntos,ligados por algo que não sei explicar e as vezes acho que poderíamos viver
em países diferentes que nada mudaria,
 Mesmo você seguindo sua vida e eu a minha,não dá pra esquecer tudo
o que vivemos e a intimidade que nos temos nada pode mudar,
não me surpreende sua mãe ter pensado que ainda estávamos juntos,
mesmo quase não nos vendo mais,mesmo a vida cada vez mais nos colocando em lados opostos.
Porque o amor ainda está aqui,nas entrelinhas,escondido em cada gesto,
está na nossa mania de conversar só pelo olhar,coisas oposto o que os nossos lábios dizem,
no jeito de cuidar um do outro,das brincadeiras que só nos dois entendemos,em como ficamos despreocupados quando estamos juntos,quando entramos juntos no metro,e todos nos olham,eles também conseguem ver o amor que ele está aqui dentro de nós,
E que  mesmo o tempo não consegue arrancar.



terça-feira, 3 de setembro de 2013

Trecho de um livro:O lado bom da vida


— Eu preciso de você, Pat Peoples, eu preciso de você para caralho.
Então, ela começa a chorar lágrimas quentes sobre minha pele
enquanto beija meu pescoço e funga suavemente.
É estranho ouvi-la dizer aquilo, tão distante do “eu amo você” de uma mulher comum e,
no entanto, provavelmente mais verdadeiro.
Dá uma sensação boa ter Tiffany perto de mim, e eu me lembro do que minha mãe disse quando tentei me livrar de minha amiga ao pedir que ela saísse para jantar comigo.
Minha mãe disse: “Você precisa de amigos, Pat.
Todo mundo precisa.”
Lembro também que Tiffany mentiu para mim durante várias semanas;
me lembro da história terrível que Ronnie me contou sobre a demissão da Tiffany
e o que ela admitiu em sua carta mais recente; eu me lembro de quão bizarra tem sido
a minha amizade com ela — mas então lembro que ninguém além da Tiffany poderia realmente chegar perto de entender como eu me sinto depois de ter perdido Nikki para sempre.
Lembro que o tempo separados finalmente acabou, e que, embora Nikki tenha ido embora para sempre, eu ainda tenho uma mulher em meus braços que sofreu muito e precisa desesperadamente
acreditar que é linda outra vez.
Em meus braços está uma mulher que me deu uma Tabela de Nuvens do Observador do Céu,
uma mulher que sabe todos os meus segredos, uma mulher que sabe quão problemática é a minha mente, quantos comprimidos eu tomo, e que ainda assim permite que eu a abrace.
Há algo de honesto em tudo isso, e eu não consigo imaginar nenhuma outra mulher deitada comigo
no meio de um campo de futebol congelado, no meio de uma tempestade de neve,
até impossivelmente esperando uma nuvem soltar-se de um nimbo-estrato.
Nikki não teria feito isso por mim, nem mesmo em seus melhores dias.
Então puxo Tiffany mais para perto,
beijo o ponto rígido entre suas sobrancelhas perfeitamente bem-feitas e,
depois de inspirar profundamente, digo:
— Acho que também preciso de você.

domingo, 1 de setembro de 2013

Sem Pressa



Pode vir,com calma sem deixar nada por fazer venha devagar porque o importante
não é o tempo que você vai levar pra chegar contanto que venha por inteiro,
que venha pra somar.
E eu prometo não fazer promessas demais ou cobrar o que nem eu consigo oferecer.
Pode vir com a sua bagagem eu arrumo um espaço pra você aqui,
faz tempo que eu preciso fazer uma faxina jogar coisas fora.
Sabe,eu acho que espero por você sem nem saber que esperava,
sem nem querer esperar e de certa forma eu sei que você espera por mim também
não me pergunte como eu simplesmente sei.
Talvez a gente já tenha se esbarrado por ai,mas estávamos tão ocupados
com nossa vida corrida,com os amores errados que nem percebemos
a presença um do outro.
Talvez você tenha sentado do meu lado no metro,preocupado com o trabalho
e eu deveria estar no celular tentando ser mil ao mesmo tempo,
ou talvez só não fosse a hora certa...
Tem horas em que eu me pego querendo pular esse lenga-lenga todo
e pular direto para o ''e viveram felizes pra sempre'',mas sei que o caminho
é importante e que a experiencia é mais que necessária.
Sei que eu ainda vou conhecer muitos idiotas,e você muitas garotas em que vai
jurar ser o amor da sua vida.
Ainda vamos trilhar muitos caminhos errados,curvas que não vão levar a lugar nenhum,
mas penso que cada erro é um a menos pra chegar até você.
e acho que você também sabe que um dia eu vou chegar até você,
vai acontecer não no momento que  gente quer,nem do jeito que a gente espera,
mas enquanto não chega procure aprender,tirar lições de tudo,
juntar as pedras do caminho pra construir sua muralha.
Tente quantas vezes for preciso,mesmo que tenha que quebrar a cara na maioria das vezes,
porque um dia a gente se encontra,eu sei,um dia a gente se esbarra,
se olha e pergunta pra si mesmo porque não nós conhecemos desde sempre,
mas há um tempo certo pra tudo,então mantenha seu coração aberto e não tenha pressa...